Flyer - Salão Olímpico, Porto Flyer - Salão Olímpico, Porto Salão Olímpico, Porto Salão Olímpico, Porto grafitti 2004 grafitti 2004 Detail - drawings Detail - drawings Kronika - Bytom 2006 Kronika - Bytom 2006 Kronika - Bytom 2006 Kronika - Bytom 2006 bad news catalogue, Kronika Gallery, Bytom Poland 2006 bad news catalogue, Kronika Gallery, Bytom Poland 2006 bad news catalogue, Kronika Gallery, Bytom Poland 2006 bad news catalogue, Kronika Gallery, Bytom Poland 2006 Laznia - Gdansk 2007 Laznia - Gdansk 2007 Laznia - Gdansk 2007 Laznia - Gdansk 2007 Last News catalogue, Laznia Gallery, Gdansk Poland 2007 Last News catalogue, Laznia Gallery, Gdansk Poland 2007 Outonarte, Catalogue, Corunha 2009 Outonarte, Catalogue, Corunha 2009 Outonarte, Catalogue, Corunha 2009 Outonarte, Catalogue, Corunha 2009 Museu Berardo, Lisboa 2010 Museu Berardo, Lisboa 2010 Museu Berardo, Lisboa 2010 Museu Berardo, Lisboa 2010

BLOOD 4 OIL – estórias do petróleo

Em 1973, JM Chevalier, no livro “ O novo jogo do petróleo” apontava o ano 2000 como o ano em que acabariam as reservas mundiais de petróleo. Teria o mundo, então, de se preparar para deixar de depender tão exclusivamente desta matéria energética. Este anúncio do fim do petróleo não só não se realizou, como continua a ser a principal matéria-prima e motivo de discórdia mundial. O mundo continua girar em torno do controlo dos jazigos, do preço por barril, etc.

Os benefícios que se podem tirar do petróleo são de tal modo importantes e o petróleo é uma matéria de tal modo vital para as economias industrias que a história do petróleo está intimamente associada à dominação política e económica das grandes potências e aos movimentos de independência nacional. A apropriação do petróleo pelos países industrializados é frequentemente acompanhada por uma acção política. As grandes potências procuram colocar e manter nos países produtores regimes tolerantes, aos quais fornecem crédito e armas em função da sua docilidade. (JMC)

Podemos muito recentemente assistir a mais uma destas manobras…

Das várias operações militares mencionadas (operações realizadas pelos EUA), a que penso ser séria é a do Iraque. Mais uma vez nada tem a ver com o terrorismo internacional.

A política em relação ao Iraque é também uma espécie de continuação, mas pode mudar. Podem considerar ser esta uma oportunidade para restabelecer o controlo sobre o Iraque, que é extremamente importante. O Iraque tem as segundas maiores reservas de petróleo do mundo, muitas delas sub exploradas ou por explorar. (Iraque –Noam Chomsky)

A França e a Rússia detinham, até o deflagrar da guerra, o domínio sobre o petróleo iraquiano… relembremos a posição deste países em relação a esta suposta guerra contra o terrorismo…

Que mais estórias conta o petróleo? – que lembro é uma industria de produtos múltiplos, por exemplo a gasolina, que fazem parte do nosso dia-a-dia -

BLOOD 4 OIL, faz uma viagem intuitiva e visual ao mundo do petróleo e a sua influencia nos nossos mundos.

Last News – Laznia

artigo no Jornal Público 2010

descarregue o catalogo Outonarte 2009 aqui

ver Kronika, Bytom, Polónia